Tradicional Festa da Uva da Lagoa da Cruz no município de Antônio Olinto deve entrar no Calendário Oficial do Estado do Paraná, por iniciativa do deputado Anibelli Neto.

Por iniciativa do deputado estadual Anibelli Neto, o projeto de lei Nº 11/18, que insere a Festa da Uva da Comunidade da Lagoa da Cruz no município de Antônio Olinto no Calendário de eventos oficiais do Estado do Paraná, foi aprovado por unanimidade na tarde desta segunda feira (3) em última votação no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná. O projeto segue agora para sanção da Governadora.

A Tradicional Festa da Uva é um evento organizado pela comunidade da Lagoa da Cruz, no município de Antônio Olinto. Realizada em um dos fins de semana do mês de janeiro, a festa tem diversos apoiadores e conta com muitas atividades.

Durante dois dias de comemoração os participantes podem desfrutar de diversas barracas de venda de artesanato, produtos locais e de alimentação com um cardápio preparado especialmente para a festividade, com destaques aos os deliciosos pratos à base de uva, produtos da região como melancia, milho, demais grãos e hortaliças.

No sábado ocorrem apresentações de música ao vivo e à noite o tradicional Baile da Uva, no Salão Paroquial da Lagoa da Cruz, que se estende pela madrugada. Já no domingo, a festa se inicia com a celebração da Santa Missa, seguida por uma roda de chimarrão e pelo almoço com a tradicional costela ao fogo de chão, além de outras carnes e pratos preparados com carinho pela comunidade.

O objetivo do projeto é prestigiar a comunidade e sua cultura, além de incentivar o comercio local favorecendo a Agricultura Familiar da região.

Calendário Oficial

A inserção da Festa no Calendário Oficial do Estado, além de sua divulgação nos órgãos de comunicação do Governo e em outros, garante também a legitimidade da festa, não sendo possível o registro de nenhuma festa singular nos mesmos dias e com os mesmos temas na região.

Em sua 23ª edição, a Festa da Uva originou-se nos anos 90, com famílias Gaúchas que instalaram-se na região nos meados dos anos 80, trouxeram mudas de uvas e começaram o cultivo na região. Resolveu-se criar a festa para divulgar o trabalho e a produção de vinhos, sucos e geleias, além da própria fruta.

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt