Anibelli Neto defende concurso público para contratação de médicos veterinários

O deputado Anibelli Neto, do MDB, defendeu hoje, na audiência pública com o secretário da Fazenda, Renê de Oliveira Garcia, que foi à Assembleia Legislativa para fazer a prestação de contas do Governo relativa ao cumprimento das metas fiscais do primeiro quadrimestre do ano, que o governo do Estado promova um concurso público para a contratação de médicos veterinários.

Segundo Anibelli, no momento em que o Paraná reivindica o status de Estado livre da febre aftosa sem vacinação há uma demanda por médicos veterinários para fazer o trabalho de fiscalização, o que permitiria a Adapar – Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, repassar informações a organismos internacionais, no caso o Escritório Internacional de Epizootias (OIE), que o Paraná está livre da febre aftosa e, assim, atrair novos mercados para os produtos paranaenses.

Na avaliação de Anibelli Neto, são necessários cerca de 50 médicos, o que para o orçamento do Estado não é nada, mas para o setor agropecuário, que move o Paraná. é fundamental.

Governar é priorizar, disse o deputado, que percorreu o Estado nas duas últimas semanas participando do fórum que discutiu a possibilidade de o Paraná ser declarado área livre da aftosa sem vacinação.

Anibelli Neto testemunhou, nesta caminhada, que “as pessoas estão empolgadas com esta possibilidade, que abre caminho para o setor privado investir em novas estruturas, o que, consequentemente, significa uma arrecadação maior para os cofres do Estado”.

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt