Anibelli Neto participa do lançamento da Frente Parlamentar de Encerramento dos Contratos de Pedágio

O deputado Anibelli Neto, líder do MDB na Assembleia Legislativa, participou na manhã desta segunda-feira do lançamento da Frente Parlamentar de Encerramento dos Contratos de Pedágio. Os contratos em vigor desde 1996 terminam no ano que vem.

O deputado destacou que não poderia deixar de participar desta frente até porque acredita na capacidade do poder público fazer as melhorias para aqueles que mais precisam.

Segundo Anibelli, desde seu primeiro mandato tem lutado contra o alto preço das tarifas cobradas pelas concessionárias, lembrado que no mandato passado protocolou a criação da Frente Parlamentar em Defesa da PR-280, que é a veia que corta o Sudoeste do Estado; e integrou a Frente Parlamentar contra a prorrogação dos contratos, percorrendo várias cidades paranaenses e, em reuniões com segmentos da sociedade, constatou a indignação da população com os preços exorbitantes.

Anibelli Neto sabe que, assim como há quem seja contra os pedágios, há setores da população o defendem por acreditar que o poder público não tem recursos para manter as estradas.

Esta discussão, segundo ele, deve ser democrática, até para se chegar a um denominador que não sangre mais o bolso dos paranaenses.

PROPOSTA
A audiência pública realizada nesta segunda-feira para o lançamento da Frente Parlamentar dos Contratos de Pedágio no Paraná foi proposta pelo deputado Arilson Chiorato, do PT.

O objetivo desta frente é acompanhar e fiscalizar a execução das obras em andamento, bem como o encerramento dos contratos de pedágio do Paraná. Segundo o deputado, o trabalho da Frente vai se concentrar em “acompanhar as obras não entregues, o cronograma que não foi cumprido, o valor alto das tarifas, o acordo de leniência com o Ministério Público Federal, além de debater esse novo modelo híbrido que tanto fala o Governo Federal, pois o povo paranaense não tolera esse tipo de atitude”, declarou.

FRENTE
Integram a Frente Parlamentar os deputados: Arilson Chiorato (PT) como coordenador, Anibelli Neto (MDB), Boca Aberta Jr (PROS), Dr. Batista (DEM), Gilson de Souza (PSC), Goura (PDT), Homero Marchese (PROS), Delegado Jacovos (PL), Luciana Rafagnin (PT), Luiz Carlos Martins (PP), Luiz Claudio Romanelli (PSB), Luiz Fernando Guerra (PSL), Mabel Canto (PSC), Maria Victoria (PP), Requião Filho (MDB), Paulo Litro (PSDB), Professor Lemos (PT), Soldado Adriano Jose (PV), Soldado Fruet (PROS), Subtenente Everton (PSL), Tadeu Veneri (PT), Tercílio Turini (CDN), Reichembach (PSC).

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt