Anibelli Neto presta homenagem a Frei Policarpo

O deputado Anibelli Neto, do MDB, usou a tribuna na sessão virtual da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira para prestar uma homenagem a Frei Policarpo Berri que faleceu ontem (dia 4) na cidade de Pato Branco, aos 96 anos.

O deputado apresentou um voto de pesar, não apenas em seu nome, mas de toda sua família, destacando que seu avô, Antonio Anibelli, foi quem criou o município de Pato Branco, tendo o prazer de ter convivido com o frei; e que seu pai, Antonio Martins Anibelli, foi o autor da lei que concedeu a ele, em 2006, o título de Cidadão Honorário do Paraná.

Anibelli Neto enalteceu o ministério de Frei Policarpo, considerado na Região Sudoeste como um santo.

“Ele nos deixa um legado de luta, de enfrentamento e cabe a nós, agora, repassar seus ensinamentos”, disse.

Para o deputado, a morte de Frei Policarpo “nos traz um sentimento de tristeza, mas de alegria também de poder continuar sua luta. Tenho orgulho de ter convivido com este santo, desejando que, ao lado do Pai, nos ajude a superar esta crise causada pela pandemia de coronavírus e, o quanto antes possamos superá-la”, desejou.

Frei Policarpo

O Frei Policarpo, que atuava há mais de 60 anos na região Sudoeste do Estado, faleceu no domingo quando se preparava para celebrar missa na Igreja Matriz de Pato Branco.

Natural de Rodeio, em Santa Catarina, onde minha mãe, Yara Maria, nasceu, Frei Policarpo nasceu em1924 e ingressou na Ordem Franciscana, no Rio de Janeiro aos 11 anos, sendo ordenado sacerdote em 1950 e seis anos depois chegou a Pato Branco.

Para mim, Frei Policarpo foi – e é – um grande homem de Deus que ajudou a no desenvolvimento da região Sudoeste. Foi sempre um amigo da família Anibelli, destacou.

Assita:

FOTO: MARCILEI ROSSI/ARQUIVO DIÁRIO DO SUDOESTE

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt