Política Estadual de incentivo a Erva-Mate é aprovada em 1 ª discussão na ALEP

O projeto de lei de iniciativa do deputado Anibelli Neto, líder do bloco da Agricultura Familiar na ALEP, que visa instituir “A Política Estadual De Incentivo à Erva-Mate, seus Derivados e Congêneres” foi aprovado em primeira discussão na sessão plenária do dia 11/07.
O projeto tem como objetivo desenvolver socioeconomicamente o setor, buscando a melhoria dos padrões de qualidade, garantia de genuinidade dos produtos, da competitividade e ampliação do mercado.
A iniciativa visa “estabelecer diretrizes para a sua produção, transporte e comercialização, buscando um fomento à atividade de forma eficaz e organizada em nosso”, sendo que ainda aponta para a possibilidade de cadastramento dos produtores da erva-mate, para viabilizar um controle e a formulação de estatísticas referentes à produção em todo Paraná.
O autor do projeto, deputado Anibelli Neto, comentou que após aprovado ele será de muito valor para os agricultores do estado, principalmente para aqueles que vivem da agricultura familiar, sendo que a Erva-mate já foi a grande fonte de arrecadação no passado e agora, com suas utilidades para muitos outros setores além de bebidas, como cosméticos, farmacêuticos e gastronômicos, entre muitos outros, contando com incentivos certos e uma política que valorize a cultura, podemos colocar a Erva -Mate novamente como uma das principais fontes de riqueza do Paraná.
O projeto aguarda mais duas votações no plenário da ALEP e se aprovado seguirá para a sanção do governador.

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt