Projeto de Anibelli Neto institui Dia da Ovinocultura no Paraná

A Assembleia Legislativa aprovou na sessão desta segunda-feira, em segunda votação, o projeto de lei de autoria do deputado Anibelli Neto, do MDB, que institui o Dia Estadual da Ovinocultura, a ser comemorado, anualmente, no dia 19 de janeiro.

O objetivo, segundo o deputado, é conscientizar os produtores rurais e a sociedade paranaense acerca da importância da atividade para a economia do Estado e da qualidade de sua proteína.

Pelo projeto, por ocasião da comemoração do Dia Nacional da Ovinocultura, que será inserido no calendário oficial do Estado, poderão ser promovidas campanhas de esclarecimento da importância e dos benefícios da atividade, direcionadas ao setor agropecuário e à população em geral.

Ao justificar sua proposta, o deputado Anibelli Neto argumentou que o objetivo é dar visibilidade à importância e ao potencial da ovinocultura no Paraná, como uma exploração pecuária de grande relevância econômica e social. A ovinocultura, destaca, dedica-se a produção de alimentos de origem ovina, na forma de carne e leite, e de outros produtos, tais como a pele e a lã extraída destes animais.

O deputado Anibelli Neto, que é presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Assembleia Legislativa, lembrou em seu discurso, do projeto de lei 849/19, apresentado no ano passado, que institui a Política Estadual de Valorização da Ovinocaprinocultura, e disse que pretende realizar após o controle da pandemia do Covid-19, até cinco audiências públicas no interior do estado junto ao setor produtivo para melhorar o projeto.

CADEIA PRODUTIVA

No estado do Paraná a cadeia produtiva da ovinocultura teve nos últimos anos um avanço na produtividade, assim como o processamento de produtos procedentes da ovinocultura se comparado aos demais estados do Sul.

Mesmo assim a produtividade não supre a demanda de carne no Estado. Com isso, o Paraná é importador de carne ovina do Uruguai e Nova Zelândia, quando se trata de produtos cárneos como cortes especiais, e ainda animais vivos trazidos do Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, para serem abatidos e processados.

A ovinocultura no Paraná apresenta um crescente aumento de rebanho, no mercado de carcaças e cortes especiais com altíssima qualidade. Com essas perspectivas, produtores têm trazido genética de animais para melhorar cada vez mais o rebanho e aumento de eficiência produtiva por hectare produzido de carne ovina.

Dada a importância deste setor no nosso Estado e o potencial de aumentar a sua produção, contribuindo ainda mais com o crescimento do Estado, a instituição do “Dia Estadual da Ovinocultura” tem por objetivo informar a população e, em particular, os pecuaristas, para os substanciais benefícios que essa atividade traz para a economia e, com isso, difundir sua prática, estimulando o consumo desta carne que tem alta qualidade e inúmeros benefícios para saúde, justifica Anibelli Neto.

A data escolhida busca homenagear a Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO), organização sem fins lucrativos, fundada em 19 de janeiro de 1942, com sede na cidade de Bagé, no Estado do Rio Grande do Sul.

Assista ao vídeo:

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt