Em sessão solene, Alep homenageia os 70 anos do Restaurante Cascatinha

A homenagem foi proposta pelo deputado Anibelli Neto

A Assembleia Legislativa realizou na noite desta quarta-feira (20) uma sessão solene para homenagear o Restaurante Cascatinha, de Santa Felicidade, que neste ano completa 70 anos.

A homenagem ao Cascatinha foi do deputado Anibelli Neto, do MDB, que destacou a história do restaurante que abriu em 1949 como como um ponto para parada de caminhões que cruzavam a cidade de Curitiba, passando pelo bairro de Santa Felicidade.

O restaurante, um dos mais tradicionais do bairro que se tornou famoso pela gastronomia, foi fundado pela família Trevisan. No início o serviço era uma espécie de bar e sorveteria, atendendo os caminhoneiros que usavam a Estrada do Cerne para levar a produção de café e madeira até o Porto de Paranaguá.

Os frequentadores passaram a solicitar, além do costumeiro café, refeições caseiras, como as que os imigrantes italianos instalados no local tinham o costume de comer.
Com o tempo, famílias passaram a se dirigir ao local aos domingos para aproveitar da boa gastronomia e dos banhos de rio, como um ponto de encontro para passeios.

Nesta época, grande parte dos alimentos e criação de frangos eram cultivados no próprio local.
Aos poucos, o crescente aumento da procura fez com que as instalações fossem ampliadas para dois salões com capacidade para mais de mil pessoas.

Passados 70 anos, hoje as instalações do restaurante, além dos grupos familiares, possibilitam o atendimento de grandes eventos.
O ambiente do local é aconchegante e com decoração clássica, com destaque para as grandes janelas com vista para sua cascata.

Para Anibelli Neto, “o carinho e empenho familiar no atendimento aos clientes fez o local se tornar um dos restaurantes mais antigos e tradicionais de Santa Felicidade”.
O deputado destaca que hoje, ao completar seus 70 anos, o Cascatinha, ainda administrado pela mesma família, traz diariamente a tradição criada pelos imigrantes italianos. Seu ambiente familiar aproxima as pessoas e sua biografia agrega histórias de muitas gerações que, por meio das suas mesas, promoveram encontros e lembranças, passando a fazer parte da história de Curitiba e do Paraná.

Sua equipe mantém o trabalho constante por um padrão de qualidade, formando clientes fiéis ao longo de décadas.

Homenagens

A sessão solene homenageou o casal Altevir Trevisan e Marisa Trevisan, que administram o restaurante. Altevir é herdeiro de Ogênio Trevisan e Fiordalice e assumiu as atividades do Restaurante, sendo o sócio administrador há mais de 30 anos.

Também foram homenageados funcionários e colaboradores mais antigos, entre eles, os cozinheiros Jorge Piani , Gertrud Engelhard, a mais antiga do restaurante (desde 1972), Dirceia Carmo, Nadir Soares, Crisiele Navarete e Nilda Fermino; Daniel Manesky, serviços gerais; os garçons Dionízio Andrade, Dirceu Boscardin, Cláudio Paulin, Gilmar Bandeira, João Cavali, Renato Costa e Sérgio Ferro; Piani; Rodrigo Trevisan, integrante da família que gerencia o restaurante.

Entre em Contato

Preencha as informações abaixo, retornarei o mais breve possível.

Not readable? Change text. captcha txt